O capital escravista-mercantil nas Américas e sua superação

Iraci del Nero da Costa, Julio Manuel Pires

Resumen


No artigo intitulado América y El capital mercantil esclavista os autores expuseram os elementos embasadores do capital escravistamercantil e indicaram as limitações que se impunham a tal forma do capital. No presente trabalho – depois de serem identificadas, no plano hipotético, as condições necessárias à superação do capital escravista-mercantil – são apontadas as causas históricas imediatas das quais resultou, para a maioria esmagadora das nações e demais dependências políticas existentes nas três Américas, a aludida superação. Discute-se, também, a relação existente entre a extinção do escravismo, enquanto elemento de caráter político, e a supressão do capital escravista-mercantil, que se caracteriza por sua dimensão eminentemente econômica.

Palabras clave


Capital escravista-mercantil; Abolição da Escravatura; Novo Mundo; América Colonial

Texto completo:

PDF

Enlaces refback

  • No hay ningún enlace refback.


Copyright (c) 2018 Iraci del Nero da Costa, Julio Manuel Pires

Licencia de Creative Commons
Este obra está bajo una licencia de Creative Commons Reconocimiento-NoComercial-CompartirIgual 4.0 Internacional.

 



Facultad de Ciencias Sociales, Universidad Nacional Mayor de San Marcos, Lima, Perú Teléfono: (511) 619-7000 anexo 1502 Telefax: (511) 619-7000 anexo 4008. Email:iihiso@unmsm.edu.pe